quarta-feira, 31 de maio de 2017

E pela dor eu descobri o poder da alegria

Só sabe quem já passou? COM CERTEZA!
Empatia é a maior qualidade de um objeto artístico.

#RIPBelchior



Fotografia 3X4
Belchior
 
Eu me lembro muito bem do dia em que eu cheguei
Jovem que desce do norte pra cidade grande
Os pés cansados e feridos de andar légua tirana
De lágrimas nos olhos de ler o Pessoa
E de ver o verde da cana

Em cada esquina que eu passava um guarda me parava
Pedia os meus documentos e depois sorria
Examinando o 3x4 da fotografia
E estranhando o nome do lugar de onde eu vinha

Pois o que pesa no norte, pela lei da gravidade
Disso Newton já sabia: cai no sul, grande cidade
São Paulo violento, corre o Rio que me engana
Copacabana, zona norte e os cabarés da Lapa onde eu morei
Mesmo vivendo assim, não me esqueci de amar
Que o homem é pra mulher e o coração pra gente dar
Mas a mulher, a mulher que eu amei
Não pode me seguir não

Esses casos de família e de dinheiro eu nunca entendi bem
Veloso, o sol não é tão bonito pra quem vem do norte e vai viver na rua
A noite fria me ensinou a amar mais o meu dia
E pela dor eu descobri o poder da alegria
E a certeza de que tenho coisas novas
Coisas novas pra dizer

A minha história é talvez
É talvez igual a tua, jovem que desceu do norte
Que no sul viveu na rua
Que ficou desnorteado, como é comum no seu tempo
Que ficou desapontado, como é comum no seu tempo
Que ficou apaixonado e violento como você
Eu sou como você
Eu sou como você
Eu sou como você que me ouve agora
Eu sou como você
Como você

domingo, 21 de maio de 2017

Meu Deus do céu da boca rubi

Quem tem um versão definitiva e incorrigível de si mesmo?
Conhecendo Belchior não sendo Belchior!

Belchior tão Djavan ;)



Aliás
Belchior
 
Existem coisas que o amor diz
Com aquela coisa a mais
De quem é feliz
Jóias caras produzidas no coração
Tiaras sem fim
Guardo essa luzes pra te servir
É tanta coisa que o amor faz
Vem como um rio, em sua calma voraz
Timidez mas, sabe voar
Pra fugir da sombra do não querer
Ademais, quem é que quer sofrer?
Você, o sonho
Meus pés, o chão
Mesmo que bravo
O mar vira na canção
Mística rosa, ave rubra
Meu Deus do céu da boca rubi
Beijo esperado me leve a ti
É um sacrifício dizer um não
Em seu ofício de obedecer à paixão
Seja como for, sempre se faz por prazer
Tudo o que o amor diz
Aliás, quem não quer ser feliz?

É um sacrifício dizer um não
Em seu ofício da obedecer à paixão
Seja como for, sempre se faz por prazer
Tudo o que o amor diz
Aliás, quem não quer ser feliz?

sábado, 20 de maio de 2017

Mientras la lluvia cae dentro de mí

Muitas coisas dependem mas se existe algo "independente" é ausência.
Para além do motivo pelo qual queiramos justificá-la, ausência sempre é dolorida e indefinível...



Nada
Shakira
 
Voy caminando sobre un mar de hojas secas
Vuelan los ángeles sobre Berlín
Van entonando junto a mí un aleluya
Mientras la lluvia cae dentro de mí

Extraño tu voz
Estoy en tierra de nadie
Me falta hasta el aire
De espaldas al sol
Pasa otro día sin tí

No sirve de nada llegar aún más lejos
Ni toda la fama, ni todo el dinero
No sirve de nada si no estás conmigo
Y la soledad se me clava en los huesos
No sirve de na, ah-ah, nada
Na, ah-ah, nada
Oh oh, na-a-a-da, no, oh
Na-a-a-da
No, no, no, no

Nadie adivina que depara el destino
Nuestro camino aún esta a medio hacer
Tiro mi bolso Chanel del barrio chino
Al suelo mojado y me lanzo a correr

Extraño tu voz
Me hace falta tocarte
Olerte, mirarte
De espaldas al sol
Acaba otro dia sin ti

No sirve de nada llegar aún más lejos
Ni toda la fama, ni todo el dinero
No sirve de nada si no estás conmigo
Y la soledad se me clava en los huesos
No sirve de na, ah-ah, nada
Ah, ah-ah, nada
Oh oh, na-a-a-da, no oh

No sirve de nada llegar aún más lejos
Ni toda la fama, ni todo el dinero
No sirve de nada si no estás conmigo
Y la soledad se me clava en los huesos
No sirve de na, ah-ah, nada
Ah, ah-ah, nada
Oh oh, na-a-a-da, no oh
Na-a-a-da
No, no, no, no